Cinedisco – Livros, Discos, Filmes e um pouco do delírio cotidiano

Misture uma dose de ‘emo’ (Promise Ring, Saves The Day, Jimmy Eat World…), aquele espírito do Discoteque e Deluxe Trio, instrumentos nada-usuais tipo brinquedos e miniaturas e bastante cultura pop. Essa é a fórmula do CineDisco, uma das revelações de 2006 no cenário brasileiro.
“Livros, Discos…” é um álbum pop-ganchudo, mas não popularesco, tem conteúdo, é bem sacado e mostra composições radiofônicas recheadas de harmonias poderosas.
“Cinemas & Milkshakes” é o primeiro single do álbum e é daquelas canções simples e pegajosas, que você sai cantarolando o refrão por ai, é o cartão de visitas ideal para adentrar ao mundo do Cinedisco. Mas para quem pensa que a banda é one-hit-wonder, se engana, pois o CD é uma coletânea de músicas prontas para estourarem nas rádios por ai.
Superficialmente talvez os mais radicais achem o Cinedisco simplesmente uma banda de pop-rock agradavél, mas indo a fundo percebe-se o enorme leque de referências, tanto nas letras como na musicalidade, que fazem deste disco ser realmente uma grata surpresa. Sem hypes, sem rio-core, sem modismos, apenas um álbum cheio de potencial.